Cheque Devolvido

Cheque Devolvido Motivo 22


Cheque devolvido pelo motivo 22, que é divergência ou insuficiência de assinatura está na segunda classificação da tabela Motivos de devolução de Cheques do Banco Central do Brasil que é o impedimento ao pagamento. Neste caso, o banco, caso solicitado, é obrigado a fornecer ao beneficiário alguns dados que constam na ficha de abertura de conta do correntista como nome completo, endereços residencial e comercial além de declaração sobre o motivo alegado pelo emitente para sustar ou revogar o cheque, se for o caso.

Tais informações só podem ser prestadas para o beneficiário identificado no cheque ou a mandatário constituído por meio de procuração. O banco também pode prestar estas informações ao portador do cheque quando não houver identificação do beneficiário, que é o chamado cheque ao portador, e se o valor do cheque for inferior a cem reais.

Para não ter problema com cheque devolvido pelo motivo 22 é importante pedir o cartão do banco e o documento de identidade e checar a assinatura e também verificar se na foto do documento do emitente há qualquer sinal de ter sido adulterado. Se desconfiar de algo, solicite ao emitente que assine também no verso do cheque para poder comparar as assinaturas. Anote no verso do cheque os números de telefone e RG do emitente. Se achar necessário, ligue no ato para confirmar a validade do telefone informado. Se persistir a dúvida, condicione a venda à prévia compensação do cheque.

É bom ter cuidado ao receber cheques previamente preenchidos e assinados, não é bom aceitar cheques rasurados e é interessante explicar que todos os procedimentos adotados tem como objetivos proteger pessoas honestas (como o emitente – frisar isso é bom) e que é para evitar a circulação de cheques roubados e falsificados.

Nao tem comentarios »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL


Leave a Reply